quinta-feira, novembro 02, 2006

Pra nós dois

"...COMO UM ANJO QUE CAIU LÁ DO CÉU..."
Nando Reis em Sim




Só sei falar de amor. Desde de o dia em que você chegou e me fez deixar de ser eu pra virar nós, pra vida inteira. Respiro sonhos e poesias, bebo suas palavras e sinto só o que esse sonhar me permite sentir. Fiquei cega, egoísta... Todas as mazelas do mundo parecem estar tão longe, tão estranhas a esta realidade de amor e uma cabana, e uma garrafa de vinho e alguns livros do Gaiman.
Desde de que seus olhos iluminaram a estrada a caminhada ficou mais fácil, de mãos dadas é mais gostoso. Com sorvete quente e calda de chocolate, então, nem se fala! Não sei o que falo, na verdade. Não sei ser, se não for amor.
Desaprendi o que é me ver no espelho, amor. É sempre o reflexo teu que aparece, onde quer que eu veja, onde quer que eu vá, o que quer que eu faça. É seu sorriso dizendo que está tudo bem, meu bem.
Não sei mais usar as palavras naquelas canções ordinárias. As letras guardam nosso templo, já são sagradas, pra mim. Ainda que não tenham importância pra te mostrar como me sinto, é com elas que declaro ao mundo o quanto me é caro esse bem querer. São as palavras mais bonitas as que eu guardo pra você, aquelas que eu nunca preciso usar, que você não precisa saber.






PS: Eu estou confusa, e isso é uma constante.




PEQUENAS POUCAS DECLARAÇÕES DE AMOR:

"Aos amigos ausentes, aos amores perdidos, aos Deuses Mortos, e à Estação das Brumas! E à nós. Que cada um dê ao Diabo aquilo que ele merece."






*quem?*

Um comentário:

Jana "Ad Infinitum" disse...

Não o importa como é o sentimento. O que importa é sentir. Traduzir o coração em palavras e não deixá-las na boca, pedindo para sair. Mesmo loucas, estas palavras estão vivas. Mostram o que você é. O que viveu. Uma streap-tease da alma, com todas as particularidades que isso possa vir a mostrar. Afinal, vida é para ser vivida. E depois traduzida. Para eternizar com palavras a fugacidade do coração.

Ai, que delicia passar por aqui!
Beijos Fê, e esteja bem SEMPRE!