sábado, agosto 07, 2010

"...THIS FELL IS SO INTENSE, SOMETIMES IT CAN LEAD YOU BLIND..."
James Morrison, Save Yourself.









"...oh!, and if you stay with me
honestly it's what I want
but if you stay with me
I know I'll hurt you more..."






Ganhou, de presente, tanto no que pensar que a noite que prometia ser mal dormida passou a não dormida, de uma vez só. O excesso de sinceridade dele derramou verdades inconvenientes em seu fim de dia. Os sentimentos presos no peito e os pensamentos vagando soltos por todo lugar, tentando alcançá-lo, sem encontrar, pretendendo consolá-lo, sem saber como se consolar. A cama ficou maior e o quarto mais frio, a noite ficou mais escura e a sensação de se afogar no negrume que anuviava sua mente era quase palpável. Sabia não haver respostas prontas, ou motivo para buscá-las, mas não conseguiu deixar de tentar.
Lembrava as longas horas de conversa, a descontração natural, a rapidez com que a vida se desenrolou. Grandes amigos, bons companheiros, parceiros de jornada: o amor romântico não tinha lugar e, até descobrirem o grande engano, tudo corria sem tropeços. Mas nada permanece escondido por muito tempo, sem que esperassem o problema foi parar em suas portas. A vontade de ficar mais perto, de tocar, de falar todo o tempo, o desejo sendo disfarçado de cuidado. A inspiração se esvaiu, dando lugar a uma sutil melancolia. Ela estava perdida, sabia, e sentia que, do outro lado de seu mundo, ele também estaria.
Rolou pela cama, sem encontrar conforto em qualquer posição, esticou o braço e tocou o telefone celular mais de uma vez. Sabia que ele também não conseguiria dormir, mas perdeu a coragem de ligar - nunca antes tivera dúvidas sobre chamá-lo, a hora que fosse. Decidiu levantar e abrir as janelas, contemplar a noite e sentir o frio, torcendo para o sono chegar. Sem perceber, viu o céu clareando aos primeiros raios de sol. O corpo gelado pelo ar da madrugada que ia entrando pela janela, entorpecido pelo frio, pedia o aconchego da cama, dos cobertores, mas a cabeça não parava, era impossível relaxar! Saiu do quarto e foi fazer um café, torcendo para a bebida lhe aquecer e levar embora todo o medo que a noite nao permitiu sair.




playlist


Ne-Yo
James Morrison
Justin Timberlake
The Underdog Project
Jamie Cullum




*we're gonna celebrate as much as we can*

Um comentário:

Damerson disse...

O sonhar acordado é algo nobre de um sentimento forte. Viver a intensidade do momento, é saber aproveitar todo sonho acordado. Obrigado pelo presente do blog adorooooooo!