terça-feira, março 14, 2006

"...NÃO TIVE A INTENÇÃO DE ME APAIXONAR, MERA DISTRAÇÃO E JÁ ERA MOMENTO DE SE GOSTAR..."
14 Bis em Todo Azul Do Mar




Olhares cúmplices, chuva, mãos, braços, abraços apertados. Bocas, sorrisos, medo, línguas insaciáveis, dentes, unhas, pés, lágrimas, beijos sôfregos, certezas inabaláveis, paixão, canção, nucas, provocações, chão, pernas enroscadas, espíritos entrelaçados, desejo, pele, sons, fúria, coxas, caos... Tudo tão milimetricamente desarrumado, tão justo aos nossos corpos, tão doce... Doces confusões de sentimentos certos que acabam juntando as pessoas erradas e transformando água e vinho em sentimento puro...







*uma voz com eco*

4 comentários:

Graziele disse...

Tão bom sentir tudo isso, e ter um eco pra voz, e ser água e ser vinho, tudo misturado...
Boa sorte!

Lubi disse...

Sentimento puro...
Que bom SER amor, em todos os cantos...
Beijos, querida!

André Luiz Viannay disse...

faz unir pessoas erradas...mt bom isso!!!!
adoro vc, moça!
beijos!

André Luiz Viannay disse...

to tão acostumado a sorver todos os dias suas palavras q parece a falta algo qnd venho aki e vc não posta. to com saudades de vc!
um beijo!