quarta-feira, dezembro 28, 2005

Mais do mesmo, tudo de mim...

"...CONTINUO POR QUE A CHUVA NÃO CAI SÓ SOBRE MIM..."
Capital Inicial em Fogo
Escrever me acalma, me enebria, me deixa exorcizar os demônios que o dia a dia impõe. Palavras me excitam... Não raro perco a conta dos minutos, esqueço de comer, me envolvo em outro mundo. Nada de grave, nenhuma alienação inconsciente, podem ficar calmos, é só prazer. Saber que, independente do resultado, vou ter deixado um pouco de mim do lado de fora. Ter a certeza de que, gostando ou não, alguém vai me ver como sou.
Quando escrevo, não preciso de disfarces. Não preciso ser outro alguém, não preciso me despir de meus prés e pós conceitos, não tenho que agradar, ser polida ou comedida. Posso ser como o momento me tiver, isso é libertador. Posso jogar na minha prosa pobre e em minhas rimas tortas toda carga que estiver sobre meus ombros, posso ser intensa, como se deve ser, o único jeito que eu sei...
Quero falar de um amor improvável, e ele estará em minhas linhas. O amor que existe em mim, manchado, egoísta, condenado, marginal, um amor indigente, e puro, e intenso e sentido como se espera sentir o amor de nossas vidas, sem sentido algum, pra quem olhar de longe, sentido todo, no meu peito que não deixa de arder...
Quero falar de loucura e procuro um espelho. E me olho, me descrevo. Preciso contemplar um espelho, ouvir o eco da minha voz, sentir as batidas do meu coração e me convencer de que existo, do contrário vai ser só o vazio.
Escrever me faz sentir plena ainda que, no momento, me seja arrancdo um pedaço. Ainda que o medo de ferir com minhas palavras seja quase um inibidor de todo o processo. Escrever me faz sentir viva. É esse tipo de prazer que busco em minhas linhas, ainda que quem lê não se sinta como eu. Infelizmente, não se pode ganhar todas...
PEQUENAS POUCAS DECLARAÇÕES DE AMOR
Eu já sabia chorar, quanto aos sorrisos, aprendi todos com você...
playlist
1 - Love Will Tears Us Apart (Joy Division)
2 - Lavender (Marillion)
3 - Can't Stop Lovin' You (Phil Collins)
4 - Fogo (Capital Inicial)
5 - Meu Reino (Biquini Cavadão)
6 - Pagu (Rita Lee)
7 - Coração Pirata (Roupa Nova)
*liberdade*

4 comentários:

André Luiz Viannay disse...

escrever é um grande dom q vc tem. como poucas, sabe colocar cada palavra em seu devido lugar, prender a atenção de quem te absorve e a cada pnto final querer achar algo perdido aem outro canto, porque você faz viajar. e é por se satisfazer escrevendo que você contagia seu leitor a cada nova visita!
um beijo

Mi --> mysweetlove-cm disse...

Eu sumi..
Mas a senhorita tbm né...
V c volta a ver meu blog sinto saudades d teu comentarios!!!!
Buaaa...
;'(
...
Os amigos verdadeiros ficam sempre em nosso cor~ções não importa c eles falam com vc ou não c vc v eles ou não c ele estão aki ainda ou não ele vão ser amigos sempre...
Mi
...
Bj
=*
..
s2

Mi disse...



    ☆    Que em 2006     ☆           ☆

                ☆   sua vida seje repleta                    ☆

    das coisas mais      ☆     preciosas da vida:               ☆
               ☆

      ☆  Saúde..       ☆   Paz...           ☆
☆                  ☆           ☆

    Amor...           ☆               ☆
                      ☆  Determinação... ☆ 
☆             ☆

☆ Sucesso... 
                  ☆       ☆
           ☆

     ☆   E verdadeiros amigos...  
                   ☆
  ☆      

    ☆ Acredite sempre      ☆            ☆
                         em seus sonhos...                ☆ ☆
               ☆

  Confie sempre em Deus!            ☆
              ☆       ☆       ☆

    ☆ Tudo de maravilhoso pra vc neste ano que se inicia!!!       ☆                   ☆
                
  ☆             ☆

     ☆   Muitos Bjinho..Mi

Tiago disse...

Faço minhas as palavras do André. E digo também que suas palavras, seja numa conversa no msn ou no seu fantasticomenal blog, são capazes de trazer muita vida, talvez até mais do que você imagina.
Existe sim o medo de ferir com palavras, mas o silêncio também pode ser igualmente perigoso. O importante é sempre procurar agir de acordo consigo mesmo, sem cobranças ou expectativas demais. O medo existe, mas sempre podemos ser mais fortes do que ele. E você com certeza tem essa força minha querida amiga!

ADOROTE!
Felicidades e força sempre!
Beijos...