domingo, dezembro 25, 2005

Meu medo...

"...PRA SEMPRE É SEMPRE POR UM TRIZ..."
Ana Carolina em Beatriz




E é justamente quando a noite está mais escura, mais fria e mais ameaçadora que meus pensamentos convergem pra você. Todos. Sou aquela que vai esperar amanhecer abraçada à sua lembrança, àquela lembrança que você me deu quando estávamos sentados à mesa, rindo e brincando de sermos nossos. Espero com ansiedade o raiar do sol pra olhar o relógio e constatar que falta pouco pra me envolver novamente nas brumas do que chamamos nossa vida. E passar mais um dia sonhando acordada. E te explicar de novo o porque do meu medo do escuro, e te ouvir dizer, novamente, que quando o medo bater, é só lembrar que você está ali, comigo. Que te tenho e nada vai poder me fazer mal.
*love letters*

3 comentários:

André Luiz Viannay disse...

ontem depois que todos foram embora e a tempestade caiu aqui em casa, apaguei as luzes pra lembrar das pessoas que gosto e admiro.
vc estava entre elas!porque eu amo todas as pessoas que cruzam de alguma forma meu caminho!
bonitas palavras!
grande beijo!

K-Os/Rodrigo disse...

Sentado em um canto escuro
Um mago se encontra parado
Observando uma Dama perdida
E sentada, pensando, sozinha

De repente, um vulto ela vê
Treme de medo, ao perceber
Ao seu lado ele se encontra
Sentado na cama, onde ela pensa

Então o medo passa
Pois em seus braços ele a enlaça
E de repente o mundo não é mais mundo
E o medo deixa de ser medo...

Um mago e sua doce Dama
Unidos....para sempre....

(suas palavras saum taum lindas....inspiraçaum bateu e escrevi pra ti ^^....)

Lubi disse...

Eu te acompanho nesse grupo de pessoas que buscam lembranças quando a noite nos apresenta o breu total, a escuridão das trevas... Lembranças já passadas, lembranças do que ainda vamos viver, trazem um tanto de felicidade para o presente, para os sonhos...
O amor é a própria coragem!