sábado, fevereiro 11, 2006

Eu e você...

"...YOU GIVE ME THAT LOOK, IT'S ALMOST UNREAL..."
Roxette em Almost Unreal





Um dia eu me preparei pra ir... Coloquei na bagagem todo sentimento puro, aquele que nunca vai ser tocado pela desesperança, os sorrisos mais bonitos, os olhares mais sinceros, todas aquelas tuas expressões de admiração. Percebi que precisaria de tantas malas que fiquei em dúvida sobre poder ou não carregar e essa é uma tarefa onde não cabe pedir ajuda...
Nesse dia eu fiz um inventário de lembranças, aquelas físicas e tudo o que está guardado só em mim. Meus bichos e brincos, revistinhas, livros, suas roupas preferidas, o perfume que você acostumou a sentir, é mesmo muito. Os bons momentos, os engraçados, aqueles em que você segurava minha mão e dizia que tudo ia ficar bem... Tudo o que é nosso.
Um dia eu me preparei pra ir, talvez por não saber estar trilhando o caminho certo... Questionei meus rumos e percebi que não havia motivos. Eu nunca vou saber se não for, não tenho bola de cristal. E a trilha que a vida me mostra é aquela que me mantém por aqui, por perto de você, e de tudo o que é nosso e do mundinho que construimos pra nós. O lugar pras minhas memórias é dentro dos muros do nosso castelo, não há onde eu possa ir, o que preciso levar nunca vai caber na bagagem que posso carregar. Tenho tanto de tudo ao teu lado que só pensar em ir dói, daquela dor que eu sei que não posso (não quero!) suportar...







*almost unreal*

5 comentários:

l. rafael Nolli disse...

Olá. Muito bom os textos! Voltarei mais vezes para apreciar! Abraços!

Lubi disse...

Nem todas as malas do mundo serão suficientes para colocar sentimentos tão grandiosos que você traz no peito! E que me deixam com o coração na boca...
Você é especial, moça!
E é sempre muito bom poder falar com você...
Beijos!
Boa noite!

Deby disse...

sua bagagem toda, apesar de imensamente grande, certamente cabe todinha dentro desse coraçao enooorme q c tem!!! e tenho certeza absoluta q ainda sobra lugar!!!
sei tb q carregar é o menos importante, e tb q, as vezes, ir é preciso, mesmo q nao saibamos os motivos... ou ate q eles nao existam!!
se tiver q ir, va... e lembre-se: sempre temos a opcao de voltar...
te adoro um monte, gurua!!! se cuida... bjao grandao!!

Artemis disse...

Luby, sempre um anjo, me carinhando com palavras doces!!!



Deby, fofote do meu coração! VOcê sempre me faz sentir que posso mais do que penso, mas só me movo com bons motivos, e sei que tenho todos os ótimos motivos pra ficar!

André Luiz Viannay disse...

engraçado que eu sinto que a hora de partir chega, mas nunca tenho coragem de ir. daí a hora da metade bate e se vai. eu fico com as boas lembranças, com tudo q aprendi. queria ter coragem pra fazer as malas.
bjs